Postal da colecção “MACAU ANTIGO/ 澳門昔日/OLD MACAU” (1), emitido pelo Instituto Cultural de Macau na década de 90 (século XX), a preto e branco (fotografias antigas de Macau – finais do século IX e princípios do século XX). (2).

Hoje publico o dedicado à “Colina da Penha / 西 / Penha Hill” (3)
MACAU ANTIGO - Colina da PenhaDum artigo escrito em 1955:
Fresca e airosa, ergue-se, no alto da Colina da Penha, a Ermida de Nossa Senhora da Penha (4)
            É um dos pontos que nos saltam à vista, enquanto nos deslocamos, em passeio ameno, pelas Avenidas que correm ao longo da parte sul da colina.
            De linhas modernas arquitectónicas, erguendo-se altaneiro o minarete da torre, marca bem a sua presença no cenário desta parte da península…(…)
            Ao lado da Ermida, está a residência episcopal do Bispo da Diocese e, logo na encosta, virada para a cidade, a imagem da Senhora de Lurdes, na sua pitoresca gruta”

Recorda-se que a Ermida da Penha foi erguida como promessa dos negociantes que iam no patacho «S. Bartolomeu», capitaneado por Jorge da Silva a caminho do Japão  e que foi atacada, a 28 de Julho de 1620, por holandeses.  Cumpriram a promessa, entregando a sua oferta ao prior do Convento dos Agostinhos, Simão de St. António e ao Procurador do mesmo Convento, Fr. Aurélio Coreto. A primeira missa na ermida edificada pelos frades de St. Agostinho (além das esmolas dos navegantes, os moradores da cidade também contribuíram) foi celebrada pelo prior do Convento de St. Agostinho, Fr. Estevão de Vera Cruz, no dia 29 de Abril de 1622 (5)

A ermida encontrava-se dentro de um forte que estava ligada com a Fortaleza do Bom Parto através de uma muralha. Estava guarnecido com 6 pequenas peças de 6 a 8 libras de bala.
…e deste Baluarte do Bom Parto corre o pano de muro para Oeste, e para alto e meio da Ilha está a Hermida de N. Sra. de Penha e desta hermida descobre o mar da parte de Oeste, e tem uma peça de bronze de seis libras invocada de N. Sra. de Penha, e correndo a ilha da parte de sudeste a largo de tiro de peça está a Fortaleza da Barra” ( José Montanha, padre jesuíta, do século XVII)

NOTA: A Ermida da Penha foi (re) inaugurada em 13-10-1935, pelo Bispo D. José da Costa Nunes, depois de completamente reedificada (GOMES, L. G. – Efemérides da História de Macau)

(1) Adquirido  na Plaza Cultural Macau Lda (Av. Conselheiro Ferreira de Almeida, n.º 32 G). A colecção tem 20 postais.
澳門昔日 (mandarim pinyin: ào mén xi rì; cantonense jyutping: ou3 mun4 sik1 jat6 ) – Macau de outrora
(2) Anteriores postais desta colecção em:
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/03/06/postais-de-macau-antigo-i-avenida-almeida-ribeiro/
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2013/04/11/postais-de-macau-antigo-ii/
(3) 西望洋山 (mandarim pinyin: xi wàng yáng  shan; cantonense jyutping: sai1  mong6 joeng4 saan1) – colina que olha mar oeste.
(4) Mais concretamente Ermida ou Capela de Nossa Senhora da Penha de França.
(5) SILVA, Beatriz Basto da – Cronologia da História de Macau Séculos XVI-XVII, Volume 1. Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, 2.ª Edição, Macau, 1997, 198 p., ISBN 972-8091-08-7
Outro postal desta Colina, foi publicado em:
” POSTAL ANTIGO – MACAU DO SÉCULO XIX (III) – Colina da Penha”
https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/09/10/postal-antigo-macau-do-seculo-xix-iii-colina-da-penha/