Folheto em papel (“couché” ?)”muito fino” (diferente dos outros folhetos até agora apresentados), de cor vermelha/rosada, infelizmente com mancha.

A COMEÇAR EM 18 DE ABRIL DE 1957

Por este filme ser extremamente extenso

as sessões principiarão às

14.00, 17.30 e 21.15 horas

1- Abertura
2 – o espectaculoso filme em vistavisão e tecnicolorido
 

A PAZ E A GUERRA

(Espectaculo para maiores de 13 anos)

Guerra e Paz

Pela extensão do filme e publicitado como um filme “excepcional”  (“A Spectacular Movie“, dizia a “Life Magazine” da época), os preços dos bilhetes foram alterados (aumentados) para $1.00; $1.30; 1.70; 2.30; 2.50.
Preço especial para os militares em graduação (?)  $1.70
O argumento no verso é   descritivo e pormenorizado.

Guerra e Paz verso. png

O Filme, de 1956, baseado no célebre romance do mesmo nome de Leo Tolstoy  (1) é realizado por King Vidor e produzido pela dupla Carlo Ponti / Dino de Laurentis. Filmado quase todo nos estúdios (no célebre “Cinecittá Studios” de Roma), reunia no seu elenco um conjunto de estrelas da época: Audrey Hepburn, Henry Fonda, Mel Ferrer, Vittorio de Gassman, Herbert Lom (brilhante no papel de Napoleão) e  Anita Ekberg nos principais papeis.
Guerra e PazA fotografia “vistavision” e “technicolor” de Jack Cardiff  deu às cenas interiores um aspecto de pintura clássica, o que tirou convição ao drama nas cenas sentimentais . As cenas bélicas (exteriores: Roma e Lazio) foram as mais conseguidas (que  não foram dirigidas por Vidor mas por Mario Soldati)
Guerra e Paz cartazFoi nomeado para 3 categorias (melhor Cinematografia, Melhor Figurino e Director) nos “óscares” de 1957.

(1) O célebre romance, de 1869, “Guerra e Paz” , em que Leo Tolstoi descreveu o avanço das tropas napoleónicas pela Rússia, foi objecto de várias versões cinematográficas.
(2) Informações retiradas de http://www.imdb.com/media/rm2356125440/tt0049934?ref_=tt_ov_i