Fotos do princípio da década de 60. (1)

 Chang P´ang – rede de abater, junto à costa

 A caminho da pesca com o Aguachão – Há – Chang – aparelho volante

NOTA: As redes que se usavam (hoje já não se vêem em Macau) eram feitas com uma espécie de ráfia, torcida em fiadeiras e depois embebida numa infusão de um tubérculo semelhante à beterraba para lhe dar uma cor escura e torná-la mais resistente à acção da água do mar.
Chang P´ang – consta de uma grande rede de malha apertada com as extremidades presas a quatro grossos bambus assentes no fundo. Era a mais característica do Sul da China. Para retirar o peixe, usa-se um ganapão que é empunhado por um dos pescadores, do extremo de uma prancha que liga com o abrigo e se estende até ao meio da rede, quando ela estava levantada.
Aguachão, Há Chang – rede mais pequena, cerca de 4 m, não têm os montantes fixos à terra. É uma rede facilmente transportada sendo usadas pelos tancares para a apanha do camarão. (2)
(1) MACAU Portugal no Oriente. Edição da Agência-Geral do Ultramar, 1964
(2) CARMONA, Artur Leonel Barbosa – Lorchas, Juncos e outros barcos usados no sul da China. Obra Social dos Serviços de Marinha, 2.ª edição, 1985, 77 p.