Num dos primeiros post que publiquei (1), recordei o jogo infantil das figurinhas de papel – KONG CHÂI CHI ( – figurinhas de papel) (mandarim pinyin:  公 gong 仔 zai 紙 zhi; em cantonense jyutping:  gung1 zai2 zi2). Hoje apresento outras figuras que são reproduções de filmes de “cowboys”
Estas figuras de papel rectangulares, são de 5.8 cm x 3,8 cm, de cartolina  mais grossa (portanto mais modernas, mas não tão boas para a práctica do jogo já que eram “mais pesadas”) e têm como  motivo, os filmes de “índios e cowboys” (2).  Estas figuras deviam ter pertencido a uma folha de 36 figuras ou duas de 18 já que estão assim enumeradas. Foram recortadas e posteriormente coladas uma a uma na “capa” e “contracapa” de um arquivo de cartolina (29,5 cm x 20 cm) feita manualmente para proteger ou arquivar papéis.  Coladas de 1 a 18, na capa e contracapa.
Para quem se interessa por estes filmes, creio que estão representados os mais populares filmes deste género, filmados até 1960, entre outros, os filmes de John Wayne , Burt Lencastre, Kirk Douglas, James Stewart, etc.

(1) https://nenotavaiconta.wordpress.com/2012/01/08/jogos-da-minha-infancia-kong-chai-chi/
(2) “São diversos os motivos que ilustram estas folhas de Kong Chai (): meios de transporte, figuras actuais, reproduzindo verdadeiras histórias de quadradinhos, adivinhas e, mais modernamente, reproduções fotográficas de filmes de Tarzan e de cow-boys, sendo, porém, os mais vulgares e, também, os mais procurados, os que representam figuras tradicionais, históricas ou mitológicas, da velha China, figuras que são queridas, pela imaginação, quase sempre muito fértil, das crianças de todos os tempos(…)…Reprodução de histórias ocidentais, sobretudo recolhidas dos filmes que mais interessam às crianças: aventuras de Tarzan e de cow-boys e outras aventuras, como as do Homem-Morcego, Super-Homem, etc. Segundo as suas preferências, os garotos iniciam verdadeiras colecções de kong chai chi, o que aumenta o interesse e a emoção dos jogos que visam o seu ganho.”
AMARO, Ana Maria – Jogos, Brinquedos e outras diversões populares de Macau. Imprensa Nacional, Macau, 1972, 510 p.