Releio “HONG KONG and MACAO, a record of good fellowship” de J. M. Braga (1), originalmente publicado em 1951,  num  suplemento especial do jornal “The China Mail“, de HongKong e reimpressão, pelo “Notícias de Macau” (com aumento de texto e fotografias), a propósito das comemorações do Infante D. Henrique, o Navegador, no ano de 1960.
A tribute to the memory of Prince Henry “The Navigator” on the occasion of the festivities in his honour” (p.1)

Pelo sumário, pode-se constatar que J.M. Braga fez uma resenha história do estabelecimento, crescimento e declínio de Macau, uma abordagem mais específica da fundação de Hong Kong e seu desenvolvimento, o tempo da II Guerra Mundial e a sua “restauração”, associando sempre a importância e contributo dos macaenses nesse desenvolvimento e a estreita relação de Macau com Hong Kong.
Apresenta imensas fotografias antigas de Hong Kong e de Macau  daquela época.
Este livro, a propósito das comemorações do V centenário da morte do Infante D. Henrique (1394-1460) traz a partir das página 151,  “Messages of Felicitation to Portugal” que inclui ” The festevities in honour of Prince Henry”, “Anglo-Portuguese Relations”, “An old friendship” do consul inglês em Macau; “The loyal senate of Macao“, “Macao´s postal telegraphic & telephonic services”, “Electric light and power in Macao” de Alberto de Barros Pereira, “Macao´s water supply” de Pedro Hyndman Lobo, “The Macao´s press” de Herman M. Monteiro, “H. Nolasco & Co.” e F. Rodrigues (Suc. res), Lda.”  
 
Das várias fotos de Macau, o que me chamou mais a atenção, é a do original “Bairro Tamagnini Barbosa”  (demolido posteriormente), área onde ficava os campos de refugiados da Guerra (2)

 
(1) BRAGA, J. M. – HONG KONG and MACAO a record of good fellowship”. Notícias de Macau, revised edition, printed by Graphic Press limited, Hong Kong, 1960, 189 p.
(2) Uma descrição do  campo de refugiados por Jorge Remédios, pode-se encontrar  em
http://macauantigo.blogspot.com/2010/03/bairro-tamagnini-barbosa-by-jorge.html